Giulia Gam, a Estrela da Semana

18/06/2003 20:15

A atriz Giulia Gam volta ao nosso posto de Estrela da Semana graças ao sucesso de sua personagem na novela das oito. A polêmica provocada pelas cenas nas quais Heloísa mostra seu amor obssessivo pelo marido estão atraindo o público e transformaram a personagem em uma das mais importantes da novela. Afinal, quando se fala de amor, e de mulheres apaixonadas, também é necessário lembrar de histórias que não dão certo e de conflitos envolvendo os apaixonados.
Competente e talentosa, a atriz colocou, através de sua personagem, o tema das "mulheres que amam demais" em pauta. O público não está torcendo apenas pelo amor de Heloísa e Sérgio, mas também para que a personagem se recupere e viva mais feliz.

Quais são as suas semelhanças com a Heloísa? Só posso fazer a Heloísa porque não vivo o que ela está vivendo. Estou muito bem resolvida nas minhas angústias. Perguntei à minha terapeuta se deveria usar as minhas experiências de dor e de sofrimento, pelas quais passei, para compô-la. Mas como a minha vivência é muito diferente da dela, ela me sugeriu que eu vivesse a dor da Heloísa. É óbvio que certas imagens da minha vida me vêm à cabeça em algumas cenas. Como a minha personagem, também tive uma separação dolorida (refere-se ao casamento com o jornalista Pedro Bial). O artista é um catalisador de emoções e está sempre passando suas vivências para o público.

Você sabia que a Heloísa ia fazer tanto sucesso? Não sabia muito sobre a Heloísa. Apenas que ela era muito ciumenta e que tinha duas irmãs. Deus me pôs no meio de um furacão. Acabei virando a 'louca do Brasil'.

O fato da sua personagem ser rotulada de maluca incomoda? Não. Acho bacana mexer nesse conceito e preconceito em relação à loucura, sobre as "doenças da alma" que muitas vezes são tratadas com tanta leviandade e ignorância. É saber que todo mundo pode passar por momentos difíceis e merecer sua segunda chance.

Como está sendo a reação do público? Eles a confundem com a Heloísa? Não. Isso é muito curioso. Como as pessoas acompanharam a minha história de vida, elas sabem discernir muito bem a Heloísa da Giulia. Alguns fãs se aproximam de mim e perguntam: “Giulia, por que você aceitou interpretar uma mulher tão chata?” (risos).

Qual é a sua opinião em relação à traição? Se a pessoa for minha parceira, no sentido de me trair sem me expor, até perdôo.

Durante muitos anos você relutou em fazer televisão. O que a fez mudar de idéia? Já tive preconceito contra TV. Fui doutrinada pelo Antunes Filho (diretor de teatro). Mas hoje em dia acho bom poder representar para pessoas que não têm acesso ao teatro e ao cinema. Já que aceitei fazer a novela e “entrei no sistema”, tenho que dar o melhor de mim.

Como é esta fase que você está vivendo? Acho muito bonito, aos 35 anos, poder mexer com o coração das pessoas. Uma coisa é mobilizar o público quando se tem 20 anos. Depois dos 30, tudo muda. A Fernanda Montenegro diz que o ator deve trabalhar na TV até os 30, depois ir para o teatro, e só voltar aos 50, sem fazer nenhuma plástica, cheio de rugas, para fazer papel de avô (risos).

O que você faz para manter a forma? Quando consigo, vou nadar na academia, faço massagem, tento andar na praia e manter uma dieta legal. Mas, ainda assim, estou muito aquém do que gostaria: quatro quilos acima do meu peso.

Como é a sua relação com o seu filho? Atualmente tenho menos tempo para fazer programas com ele. Afinal o Theo também tem a "agenda” dele. Tento ir à praia ou acompanhá-lo na aula de natação, que é sempre seguida de um jogo de futebol, a sua nova paixão. Levei-o até o Maracanã, mas não deixo de ficar com ele à noite, e contar muuuitas histórias antes de dormir. Desenhamos bastante também.

Você sente falta de um grande amor? Claro que todo mundo quer viver um grande amor. Vou, por enquanto, vivendo meus pequenos amores. Mesmo porque tenho recebido muito carinho e prazer, pela relação com meu filho, pelo resultado do meu trabalho, pela harmonia que volta a se instaurar em minha vida.

Fonte: http://revistaquem.globo.com/Quem/0,6993,EQG548097-2346,00.html