Giulia Gam coloca mega hair para novela e fala do namorado: 'Ele e meu filho se entendem'

21/07/2014 00:55

Em 30 anos de carreira, Giulia Gam já se submeteu a todo tipo de caracterização. Mas nunca de forma tão radical quanto para a próxima novela das 18h, “Boogie oogie”, que estreia em agosto. Por sugestão dela, a personagem, Carlota, terá cabelo longo e cheio, resultado de mega hair.

- Minha primeira preocupação foi romper com a Bárbara Ellen (de “Sangue bom”), de quem ainda estava impregnada. Não gosto de usar mega hair, do fato de ser colado. Prefiro aplique, o processo mais artesanal, que você tira e vai para casa voltar a ser você. Mas a novela é realista, não daria para usar peruca - diz ela.

Embora se queixe do desconforto, Giulia acha que os fios longos lhe rejuvenesceram.

- Carlota tem 40 e poucos anos e, quando olho no espelho, lembro de mim aos 17. Ou seja, acabou me atrapalhando - brinca.

Dona de um passado misterioso e descrita pelo autor, Rui Vilhena, como vilã, Carlota tem a filha trocada na maternidade por Susana (Alessandra Negrini), ex-amante do marido (Marco Ricca), e cria a mimada Vitória (Bianca Bin):

- Ela é ríspida e controladora, tenta pôr ordem naquela mansão ensandecida. A história daquela família é contada de trás para frente, os podres serão revelados aos poucos. Ricardo (Waddington, diretor-geral) quer puxar para o cinema argentino, unir dramaticidade à coisa plausível, da realidade.

Aos 47 anos, Giulia comemora o fato de a personagem ser uma “mulher madura, bonita, apaixonada e sedutora”.

- As novelas têm tido espaço para papéis principais fora do núcleo jovem. Eu, a Alessandra, o Ricca e a Letícia (Spiller) somos condutores da ação. Antes, quando a mulher chegava perto dos 50, ficava meio à parte da trama. Só o Maneco dava tipos interessantes a atrizes mais velhas. Que bom pra mim! - comemora ela, soltando a gargalhada que é sua marca.

Ambientada em 1978, a trama não falará de política:

- Não é um ‘O que é isso, companheiro?’. Mostrará só o desbunde da Abertura. Lembro do John Travolta, das matinês, do hustle nas festas do colégio. Mas não dançarei, ela é comedida.

Se as idas frequentes ao Projac por causa da novela são penosas por causa dos engarrafamentos (Giulia mora na Zona Sul do Rio), por outro lado, acabou favorecendo o namoro com o colorista da TV Globo (profissional de pós-produção que corrige a cor da imagem) Flávio Abreu, de 34 anos, que mora mais perto dos estúdios da emissora, na Zona Oeste do Rio. O casal se conheceu na festa de encerramento de “Sangue bom”, em novembro do ano passado.

- É quase como se morássemos em cidades diferentes. Agora, fica mais fácil, conseguimos jantar juntos com mais frequência.

Giulia conta que seu filho, Theo, de 16 anos, do relacionamento com Pedro Bial, e Flavio encontraram na paixão pelo surfe um ponto em comum.

- Nossa, eles surfam juntos e gostam das mesmas músicas, conversam na linguagem universal do surfe, falam de Filosofia. Quando começam a falar é outro dialeto, eles se entendem completamente. Os dois ficam num papo paralelo - brinca ela.  

Fonte: http://goo.gl/mC6AUb